O que é a Agricultura 4. 0?

img

Muitos leitores que chegaram até aqui provavelmente nunca ouviram falar da Agricultura 4.0. Este é um conceito que contempla como a produção de alimentos será nos próximos anos, onde a robótica, as telecomunicações, a informação digital – e por que não incluir – o MARKETING, serão os protagonistas do que comemos. E por que precisamos mudar o que já funciona? Porque a população atual é de cerca de 7 bilhões e espera-se que em 2050 seremos 9,8 bi. Por isso, todos os pontos da linha de produção dos alimentos devem ser atualizados e trabalhar com os recursos do S. XXI.

Mas não vamos começar pelo final, vamos voltar ao Neolítico para conhecer os saltos que nos fizeram chegar aqui.

Vale ressaltar que a passagem do Paleolítico para o Neolítico não foi nem mais (nem menos) do que o ser humano, que deixou de migrar à procura de alimento e estava à mercê do que a natureza disponibilizava para produzir os alimentos por conta própria. Isso permitiu assentamentos definitivos, o aumento da taxa de natalidade, a taxa de sobrevivência e a criação do comércio e do artesanato.

Agora que as origens são conhecidas, vamos dar um salto até 1865 e olhar para o jardim de uma abadia, que conhecemos hoje como a República Checa. É aí que encontramos Johann Gregor Mendel, também conhecido como o pai da genética clássica. Mendel estudou como as características genéticas eram transmitidas a diferentes gerações de ervilhas. Essas descobertas foram a base para muitos geneticistas e foram usadas para melhorar desde o trigo do nosso pão até os tomates que colocamos na nossa salada.

Agora voltamos à nossa máquina do tempo e viajamos para os EUA. Estamos em 1960 e está prestes a começar o que mais tarde foi chamada de REVOLUÇÃO VERDE. Consistia em plantar variedades de trigo, milho e arroz, principalmente, mais resistentes aos climas extremos e às pragas, capazes de atingir altos rendimentos com o uso de fertilizantes, pesticidas e irrigação.

O último salto que damos é até 2018, onde a humanidade está experimentando carros que não precisam de motorista, drones capazes de levar a compra para casa, ou bilhões de dados enviados para a nuvem e disponíveis em um único clique. Todos esses avanços também estão chegando até a agricultura. A AGRICULTURA 4.0.

Não está longe da realidade o momento pelo qual – como vemos no infográfico – um exército de robôs are nosso campo ou colha as nossas maçãs. E é mais do que provável que essas colheitadeiras inteligentes sejam comandadas por drones que todos os dias reconheçam que a cultura está no seu ponto exato de amadurecimento, ou que nos enviem informações sobre as pragas que estão nos afetando.

Parece interessante, não é mesmo?

Te puede interesar...

Kimitec Group encerra com sucesso a sua participação na Feira Growtech

Hace 10 meses | Agriculture

Continuamos trabalhando por você e por todos!

Hace 7 meses | Agriculture

Félix García: “Estamos falando de uma agricultura produtiva, e ao mesmo tempo natural” 

Hace 2 meses | Agriculture

Kimitec Group adquire a empresa cordobesa Greenfield Nature

Hace 2 anos | Agriculture